Prédio residencial mais sustentável do Brasil terá Internet das Coisas
06 de Janeiro de 2021
Prédio residencial mais sustentável do Brasil terá Internet das Coisas
Prédio residencial mais sustentável do Brasil terá Internet das Coisas

Um conjunto de dispositivos, sensores inteligentes e softwares, interligados, captam e transmitem dados do prédio residencial instantaneamente para a rede, em um sistema constante de informações que podem ser acessadas a qualquer momento, pelo smartphone. A Internet das Coisas (IoT) é uma das tecnologias aplicadas no IDEA Bagé, empreendimento lançado recentemente pela Capitânia Investimentos Imobiliários sob o conceito IDEA, que está em fase final de construção em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O prédio sustentável e inovador vai fornecer aos moradores e administradores do edifício todas essas informações, para que possam tomar decisões assertivas quanto à economia dos recursos.

O objetivo é que, a partir do monitoramento, seja possível identificar os horários e pontos de maior consumo e atuar de forma eficaz para a redução no consumo e, consequentemente, gerar economia. “Para garantir o bom gerenciamento de um prédio é preciso ter a medição dos consumos de água, gás e energia, além dos controles de acessos e funcionamento das bombas que elevam a água aos reservatórios superiores, do sistema que gera água quente e dos volumes de água dos reservatórios. O IDEA Bagé é revolucionário neste sentido, pois por meio da Internet das Coisas, provê instantaneamente todas essas informações”, afirma Mauro Touguinha, engenheiro e sócio da Capitânia Investimentos Imobiliários, que desenvolveu o conceito IDEA. 

Renato Turquenitch, arquiteto e também sócio da Capitânia, acrescenta que a aplicação desta tecnologia em prédios residenciais será uma tendência cada vez mais forte, dada à necessidade de investimento em ações para economia dos recursos naturais. “Além de contribuir para o meio ambiente, o monitoramento garante sustentabilidade financeira”, destaca Turquenitch.

O IDEA Bagé está em fase final de construção em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e além da Internet das Coisas possui uma combinação de fatores que o tornam exclusivo. Entre os principais diferenciais está a capacidade de gerar toda a energia elétrica necessária para manter a área condominial do prédio e, ainda, até um terço da energia a ser consumida pelos 14 apartamentos que o compõem, a partir de um sistema de 130m² de painéis fotovoltaicos instalados na cobertura do edifício. Além disso, o empreendimento contará com uma fachada autolimpante e termicamente eficiente, Com investimento inicial de R$ 8 milhões, o empreendimento tem previsão de finalização para fevereiro de 2021. 

O IDEA BAGÉ

Localizado no coração do bairro Petrópolis em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o IDEA Bagé representa uma visão de futuro sustentável, inteligente, econômico e confortável. O empreendimento conta com 14 apartamentos de 112 e 100m², cada um com três suítes, duas vagas de estacionamento (com depósito e espera para carro elétrico), sacadas e brises móveis na fachada, para melhor aproveitamento da luz e garantia de conforto térmico e vidros duplos insulados nos dormitórios. O IDEA Bagé oferece bicicletário, portaria virtual autônoma, iluminação 100% em LED e sensores inteligentes que medem instantaneamente os consumos de água, energia e gás e controlam os sistemas do prédio, por meio da Internet das Coisas (IoT). 

CONCEITO IDEA

Um prédio é projetado para uma vida útil de 50 anos. Estudos mostram que os custos de morar num apartamento – condomínio, portaria, segurança, lavagem e repinturas da fachada, água, luz e gás, entre outros – ao longo destes 50 anos, chegam próximos ao valor de sua aquisição. O conceito IDEA nasceu do desafio que a Capitânia se impôs de reduzir o custo de morar, nestes 50 anos, oferecendo ao mercado prédios sustentáveis, econômicos e eficazes.

Camejo Soluções em Comunicação | 06 de Janeiro de 2021