Conversa em Família debate a importância da comunicação em familia
15 de Setembro de 2017
Conversa em Família debate a importância da comunicação em familia
Conversa em Família debate a importância da comunicação em familia

 

 

O encontro terá como foco a necessidade de uma comunicação mais assertiva entre pais e filhos

O que é e como é possível promover a comunicação não-violenta nos diversos círculos sociais, em especial, na família. Esse é o tema da próxima edição do projeto Conversa em Família, que acontece na segunda-feira (18/09), das 19h às 20h30, no Auditório Madre Teresa do Colégio Santa Inês. O encontro terá como palestrante a especialista em Comunicação Não-Violenta, Kellin Daiane Garcia de Mello, que vai falar sobre o quanto a qualificação da comunicação em família é essencial para o fortalecimento dos vínculos.

Para a psicóloga do Colégio Santa Inês, Bianca Sordi Stock, que atende estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, a sociedade precisa promover uma mudança nos padrões de comunicação. "Precisamos reconhecer nossas expectativas, nossas necessidades e aprender a trabalhar com as frustrações", destaca.

Entre as questões que devem ser consideradas, quando se fala em comunicação não-violenta, estão o saber dialogar e a capacidade de escutar o outro. "O diálogo tem relação direta com a capacidade de escuta, de dizer a minha verdade e ouvir a verdade do outro. Precisamos aprender a escutar o outro, mesmo quando não concordamos com as suas opiniões", complementa a psicóloga Irmã Teresinha Dorigon Vieira, superintendente da Rede IENS Escola. Conforme ela, "a comunicação não-violenta implica reconhecer o outro como sujeito e respeitar as diferenças".

Uma dica, para repensar a comunicação e promover um diálogo menos agressivo, está na forma de enxergar os conflitos aos quais são expostos no dia a dia. "Devemos ver os conflitos de uma forma positiva, ou seja, como uma possibilidade de crescimento", ressalta Ir. Teresinha, lembrando que, quando existem divergências, é preciso escutar, sem interrupções, para, em seguida, buscar certificar-se de que realmente houve um entendimento correto do que foi dito. "A comunicação não-violenta pode acabar com os ciclos de violência tanto no âmbito familiar, como no de trabalho, ou na sociedade como um todo", conclui.

O que: Conversa em Família - Comunicação assertiva com os filhosQuando: 18/09/2017Horário: das 19h às 20h30minLocal: Auditório Madre Teresa - Colégio Santa Inês (Entrada pela Avenida Protásio Alves, 2493)

ENTRADA GRATUITA

Camejo Soluções em Comunicação | 15 de Setembro de 2017