12 de Janeiro de 2018
Prefeitura e Brigada Militar realizam ação integrada de segurança no Pop Center
Prefeitura e Brigada Militar realizam ação integrada de segurança no Pop Center

Fiscalização para coibir venda de produtos falsificados e outras irregularidades foi realizada nesta quinta-feira (11)

A Diretoria de Indústria e Comércio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e a Brigada Militar realizaram, na tarde de quinta-feira (11), uma ação integrada de fiscalização no Pop Center. O objetivo da ação, além de coibir a comercialização de produtos ilegais, tem o intuito de trazer maior segurança aos consumidores e frequentadores do centro popular de compras.

Como parte da operação, o 9º batalhão da Brigada Militar e o BOE (Batalhão de Operações Especiais) também realizaram abordagens de segurança nas proximidades da região. Durante a operação, as equipes de fiscalização da SMDE interditaram cautelarmente seis lojas por indício de comercialização de produtos eletrônicos sem procedência, como aparelhos celulares, tablets, notebooks e similares.

A administração do centro popular de compras aprova a medida, uma vez que tem enfrentado problemas devido à insegurança no entorno do empreendimento e informa que dentro do Pop Center as pessoas podem se sentir tranquilas, pois existem equipes de segurança e câmeras 24h.

O material apreendido pelos fiscais será encaminhado à Brigada Militar que, em conjunto com a Polícia Civil, iniciará inquéritos de investigação aos estabelecimentos autuados. A operação se deu de maneira pacífica, sem ocorrência de incidentes. As ações integradas de fiscalização no Pop Center e seu entorno acontecerão regularmente e fazem parte das estratégias de combate ao comércio ilegal no Centro Histórico de Porto Alegre, que buscam recuperar os espaços públicos além de inibir a comercialização de produtos ilegais.

POP Center:

O Pop Center é um shopping popular com mais de 800 lojas e 20 mil metros quadrados de área construída. Localizado na Praça Rui Barbosa, Centro Histórico, está em atividade desde fevereiro de 2009. O empreendimento conta, também, com estacionamento, restaurante, caixas eletrônicos e clínica dentária. Foi construído por meio de uma Parceria Público Privada. A empresa vencedora da licitação administra o empreendimento. Toda a infraestrutura do espaço foi desenvolvida para facilitar o trabalho dos antigos camelôs, hoje comerciantes populares regularizados pela SMDE. Os boxes dos lojistas têm de três a quatro metros quadrados, com pontos de luz e telefone.

Camejo Soluções em Comunicação | 12 de Janeiro de 2018