10 de Abril de 2018
Paciente do HU de Canoas consegue transplante de pulmão
Paciente do HU de Canoas consegue transplante de pulmão

Menino de sete anos, que mora no hospital desde os primeiros meses de vida, foi submetido à cirurgia na madrugada desta terça-feira (10), na Santa Casa, em Porto Alegre. Desde 2015 ele esperava pelo transplante.

A espera de Bernardo Moreira Loureiro, sete anos, por um transplante de pulmão, se encerrou nesta terça-feira (10), no Pavilhão Pereira Filho da Santa Casa, em Porto Alegre. Morador do Hospital Universitário (HU) de Canoas, administrado pelo Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (GAMP), desde os primeiros meses de vida, o menino recebeu dois pulmões de um doador que não teve a identidade divulgada. O menino sofria de bronquiolite, doença que provoca a inflamação dos bronquíolos, e estava à esperada do transplante desde 2015.

De acordo com Luana Moreira, mãe de Bernardo, a notícia de que ele seria submetido à cirurgia chegou na noite desta segunda-feira. Poucas horas depois, ele foi encaminhado à Santa Casa, onde o procedimento aconteceu da madrugada até o começo da tarde desta terça-feira. Luana ressalta que a família está muito feliz e com grande esperança em relação às etapas seguintes. “Sabemos que a luta está apenas no começo”, destaca.

A mãe de Bernardo faz questão de agradecer à equipe médica do Grupo GAMP pelo empenho ao longo do tratamento do menino. “Somos muito gratos aos técnicos e ex-técnicos de enfermagem, médicos e ex-médicos, que mantiveram o Bernardo vivo até hoje, e, também, à direção do Hospital Universitário, que sempre foi muito prestativa com a nossa família”, disse.

Segundo o coordenador da Neonatologia e Pediatria e diretor médico do HU, Paulo Nader, o transplante foi bem sucedido. “A cirurgia foi realizada sem intercorrências e o paciente está estável, sendo que as próximas 48 horas serão as mais críticas”, concluiu.

GRUPO GAMP

O Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (GAMP) é uma Organização de Saúde que atua desde 2006 na prestação de serviços junto a governos municipais e estaduais. A OS atua em várias regiões do Brasil e se destaca pela gestão transparente e capacidade de administração de equipamentos de saúde e recursos públicos com responsabilidade e dentro da Lei. Com sede na capital paulista, atualmente está presente no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio Grande do Sul, onde é responsável pela gestão de quatro unidades de saúde em Canoas, Região Metropolitana de Porto Alegre: o Hospital Universitário (HU), o Hospital de Pronto Socorro (HPSC) duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Camejo Soluções em Comunicação | 10 de Abril de 2018