10 de Janeiro de 2018
Felipe Camozzato economizou R$ 372 mil de verba pública em 2017
Felipe Camozzato economizou R$ 372 mil de verba pública em 2017

Vereador foi o mais econômico de Porto Alegre, cumpriu sua promessa de gastar menos de R$ 2 mil por mês da cota básica e ocupou apenas cinco dos nove cargos disponíveis para seu gabinete.

 

   

A promessa de campanha de não gastar mais do que R$ 2 mil com a cota básica mensal, além de priorizar a transparência nas ações do mandato, foi cumprida por Felipe Camozzato (NOVO): o vereador encerrou 2017 como o mais econômico da Câmara de Porto Alegre. O parlamentar utilizou em média R$ 620,83 por mês com a cota básica e conta com apenas cinco assessores, quando poderia ter até nove. Com isso deixou de gastar R$ 372 mil do valor disponível para seu gabinete.

“Como cidadão, sempre desejei saber de fato o que os políticos estão fazendo com os recursos públicos. Por isso, tenho isto como norte: deixar a par todos os que desejam saber do que acontece no mandato. Assim, as pessoas podem cobrar de perto a confiança que depositaram em mim, além de apresentar as suas próprias ideias para a Capital”, afirma o vereador, que produziu um material com a prestação de contas do seu primeiro ano de trabalho custeada com seu próprio salário, sem utilização da verba de gabinete. O documento, enviado à imprensa e a eleitores e que estará disponível para download no site felipecamozzato.com.br, contém informações que vão desde número de falas em plenário e estudos técnicos feitos por sua equipe até os projetos de lei apresentados no ano.

Entre as ações desenvolvidas ao longo do ano que passou, Camozzato destaca os resultados da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e da Desburocratização (FREPED), liderada por ele e que tem como missão facilitar a relação do empreendedor com a cidade. “Apresentamos 11 projetos de revogação de leis e fizemos 16 reuniões, a fim de debater e encontrar soluções para problemas que a cidade enfrenta há muito tempo”, explica. Ele ressalta ainda o projeto de lei que apresentou, que desburocratiza a operação de foodtrucks e bikes em POA Porto Alegre.

Quinto vereador mais votado das últimas eleições municipais, Camozzato defende o emprego no mandato de ferramentas de gestão utilizadas na iniciativa privada: planejamento estratégico, indicadores e metas, que são acompanhados através de reuniões semanais de equipe. Entre os indicadores estão atos legislativos aprovados e envolvimento na página do Facebook do político, além de horas de capacitação da equipe. “Estamos trazendo a eficiência da iniciativa privada para o setor público”, argumenta o vereador.

Camejo Soluções em Comunicação | 10 de Janeiro de 2018