29 de Agosto de 2017
Camozzato propõe emenda para obter transparência das empresas públicas
Camozzato propõe emenda para obter transparência das empresas públicas

Felipe Camozzato (NOVO) apresentou projeto de Emenda à Lei Orgânica do município para que seja obrigatória a divulgação do balanço financeiro das empresas públicas e sociedades de economia mista de Porto Alegre até o final do primeiro quadrimestre de cada ano. 

É através da apresentação do balanço financeiro que se pode saber se uma empresa dá prejuízo ou não. Um exemplo é a Carris, que somente em agosto divulgou seu balanço de 2016, que apresentou R$ 51 milhões de prejuízo aos cofres públicos.  "Neste caso a novidade é o atraso na divulgação da informação, pois o prejuízo já é conhecido", argumenta o vereador. 

Segundo o vereador “é uma questão de transparência, do interesse de todos os cidadãos da Capital. Seja quem defende a privatização, seja quem quer que as empresas continuem públicas, tem o direito de saber como estão as contas das estatais, patrimônio da cidade de Porto Alegre”. 

Para um projeto de Emenda à Lei Orgânica ir à votação, é necessário a assinatura de 12 vereadores. Como 28 parlamentares já subscreveram, o projeto foi protocolado. Agora, para ser aprovado, após passar pelos trâmites normais da casa, dois terços dos vereadores da Casa terão de votar favoravelmente em plenário.

Camejo Soluções em Comunicação | 29 de Agosto de 2017