28 de Novembro de 2019
Artista internacional no Pop Center
Artista internacional no Pop Center

O Pop Center realiza na sexta-feira, 29 de novembro, às 11h, o lançamento da terceira edição da Residência Artística na passarela de eventos do Pop Center. A exposição será aberta ao público e com entrada franca.  A mostra, intitulada Ex-Passado, ocorrerá de 29 de novembro a 31 de dezembro e contará com a presença do renomado curador francês Franck James Marlot e a artista e fotógrafa gaúcha reconhecida internacionalmente Rochelle Costi. 

Neste ano, será abordada a temática de memórias das escavações do empreendimento. Para isso, a artista Rochelle Costi apresentará um trabalho a partir das peças arqueológicas encontradas na escavação para a construção do edifício do Pop Center, na Praça Rui Barbosa, em 2007. Também terá algumas peças disponíveis para visitação no Pop Center, atualmente elas fazem parte do acervo do Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo/SMC/PMPA.

Segundo a diretora institucional, Elaine Deboni, essa é uma oportunidade única de trazer para perto da sociedade os antepassados que ali viviam. “Queremos prestar um serviço para a comunidade resgatando a história desta região de Porto Alegre. Por isso, trouxemos a artista que fará fotos exclusivas das peças históricas encontradas nas escavações da construção do Pop, e durante a residência artística, será exposto ao público geral no Pop Center”, afirma.

“Selecionei várias peças para obras com reproduções agigantadas, reduzidas bi e tridimensionalmente. Também na forma de chaveiros, adornos, estampas para camisetas, padronagens em tecidos, várias maneiras de trazer este momento histórico ao público”, conta a artista Rochelle Costi.

“A ideia é fazer uma relação entre as mercadorias comercializadas ali hoje e aquelas que chegavam à cidade nas embarcações mercantes que neste mesmo local aportavam no século XIX”, completa.

Os artistas

Rochelle é premiada pelo CNI SESI SENAI Marcantônio Vilaça e também condecorada internacionalmente na Residência Artística da WBK Vrije Academie em Gemak, na Holanda. Além do Prêmio Nacional de Fotografia pela Funarte do Rio de Janeiro e o Prêmio Marc Ferrez de Fotografia.

O francês Franck James Marlot é acostumado na curadoria de diferentes exposições, já que trabalhou durante 20 anos na Galerie Denise René, de Paris. No local, desenvolveu um laço estreito com os artistas da América do Sul, em especial os do Brasil, além de levar mostras para museus japoneses e coreanos. O curador vem ao Pop Center revestido pelo seu compromisso com o intercâmbio comercial de arte entre França e Brasil, ajudando a divulgar não só artistas europeus, mas também valorizando os artistas brasileiros.

Camejo Soluções em Comunicação | 28 de Novembro de 2019